World news story

Fortalecendo os laços da educação superior britânica com o Brasil

This was published under the 2010 to 2015 Conservative and Liberal Democrat coalition government

Programa Ciência sem Fronteiras ajudou a triplicar o número de estudantes brasileiros no Reino Unido.

Knowledge is GREA

Estudantes brasileiros estão cada vez mais escolhendo estudar no Reino Unido. Dados publicados hoje mostram que o número de estudantes de graduação que irão para o Reino Unido por meio do programa Ciência sem Fronteiras triplicou desde o lançamento do programa no ano passado. Mais de 1700 estudantes brasileiros irão estudar em cerca de 70 universidades no Reino Unido a partir de setembro de 2013.

Essa notícia chega em um momento importante nas relações entre América Latina e Reino Unido. O Ministro de Negócios, Inovação e Treinamento do Reino Unido, Vince Cable, está no Brasil esta semana para acordar mais parcerias na área de educação e pesquisa entre os dois países. O Ministro-Adjunto para Universidades, David Willetts, também acompanhou uma delegação de representantes do setor educacional para a Colômbia e o México, com o objetivo de ampliar as relações entre esses países e o Reino Unido no futuro.

O Ministro Vince Cable, disse:

Minha visita esta semana ao Brasil reforçou a importância que o governo britânico dá ao desenvolvimento de laços entre as universidades, os negócios e os estudantes brasileiros. O programa Ciência sem Fronteiras é um bom exemplo da colaboração entre nossos dois países pois atrai estudantes brasileiros de alto nível para um dos melhores setores de educação superior do mundo: o do Reino Unido. Espero que o contínuo sucesso do programa também possa ser uma plataforma para o crescimento e que mais empresas se beneficiem dos estágios e do patrocínio de doutorandos.

Dra. Joanna Newman, diretora do UK Higher Education International Unit, ligada à Universidades UK , que coordena o programa em nome das universidades britânicas disse:

O rápido crescimento da participação do Reino Unido no Ciência sem Fronteiras claramente mostra a contínua popularidade do Reino Unido como um destino acadêmico. Esse programa irá ajudar na formação de parcerias longas e duradouras entre as universidades brasileiras e britânicas. Estudantes brasileiros são valorizados como parte da nossa diversa comunidade acadêmica e espero que suas experiências reforcem laços pessoais e profissionais com o Reino Unido no futuro.

Richard Masters, Diretor do Conselho Britânico no Brasil comentou:

O Conselho Britânico no Brasil está muito feliz com os resultados do Ciência sem Fronteiras. O aumento no número de estudantes representa um marco na cooperação entre Brasil e Reino Unido em educação superior. Nós continuaremos a trabalhar com o International Unit para promover as instituições educacionais britânicas para os estudantes brasileiros.

Nota aos editores:

Informações à Imprensa:

Luana Seabra, Assessora de Diplomacia Pública da Embaixada do Reino Unido em Brasília: 61 3329 2364 luana.seabra@fco.gov.uk

Vikki Challen, Assessora de Marketing & Comunicação CsF Reino Unido: 44 020 7419 5615 vikki.challen@international.ac.uk

Published 29 Abril 2013