Notícia - Artigo

Goiânia e Anápolis entram na rota dos britânicos

This was published under the 2010 to 2015 Conservative and Liberal Democrat coalition government

Consulado Britânico convida empresas da região a conhecerem o Reino Unido como plataforma para internacionalização

London City

O UK Trade & Investment/Consulado Britânico de São Paulo lança o Exclusive Inward Investment Showcase para apresentar facilidades e benefícios do Reino Unido para empresas brasileiras que buscam aumentar sua presença no cenário internacional. O evento faz parte da campanha GREAT Britain e é voltado, principalmente, para médias e grandes empresas que já exportam para Europa e buscam ampliar suas operações via internacionalização. Ao contrário dos anos anteriores, este ano o foco será em cidades médias e grandes, polarizadoras de investimento e indústria. Desde agosto, a equipe de investimentos do UK Trade & Investment está percorrendo 11 cidades brasileiras, fornecendo orientação sobre a legislação corporativa britânica, carga tributária, e oportunidades estratégicas em alguns setores da economia, como engenharia avançada, saúde, varejo, alimentos e bebidas, incluindo agrotecnologia.

A equipe do UKTI já passou por São José dos Campos, Sorocaba, Uberlândia e Uberaba. A agenda em Anápolis acontece no dia 4 de setembro, e em Goiânia, no dia 5. Depois, a agenda segue em Maringá, Londrina, Porto Alegre, Caxias do Sul, Salvador e Camaçari. A economia de Goiânia, além de se basear em diversos segmentos industriais, tem uma indústria agrícola próspera em toda a região. O suprimento de equipamentos industriais, ferramentas, fertilizantes e vários outros produtos relacionados compõem uma grande porção da economia local. Anápolis é a segunda cidade mais industrializada do estado e abriga as maiores companhias de agrotecnologia e é o maior parque industrial de produção de medicamentos genéricos. O Reino Unido tem especial interesse em participar desses mercados e promover um intercâmbio comercial bilateral.

“O Reino Unido é a plataforma ideal para empresas abrirem mercados”, aponta o cônsul geral adjunto Richard Turner. Segundo levantamento do UKTI, no ano fiscal de 2013-2014, houve um aumento de 14% em projetos de investimento estrangeiro no Reino Unido, gerando 66.390 empregos, principalmente nas áreas de manufatura, energia e infraestrutura, serviços financeiros, indústria criativa e tecnologia da informação. “Este showcase será uma oportunidade para informar os empresários brasileiros sobre como ser global com apenas um passo: a abertura de um escritório no Reino Unido”, diz Raquel Kibrit, gerente de Investimentos do UKTI.

Published 3 Setembro 2014