World news story

Reino Unido recebe apoio para sediar cúpula climática global

O Reino Unido recebeu apoio internacional para sediar a cúpula climática COP26 em 2020

placeholder

O Reino Unido recebeu no dia 10 de setembro um enorme impulso para o trabalho no combate às mudanças climáticas. Aliados internacionais deram apoio formal para que o país sedie a 26ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, a COP26, em 2020.

O evento que ocorrerá na cidade de Glasgow, no próximo ano, reunirá mais de 30 mil delegados de todo o mundo, incluindo especialistas em clima, líderes empresariais e cidadãos para acordar ações ambiciosas que enfrentem as mudanças climáticas.

O anúncio significa que o Reino Unido é, agora, oficialmente apoiado pelo grupo de países responsáveis pela nomeação do anfitrião de 2020.

Isto segue o compromisso do primeiro-ministro na cúpula do G7, em Biarritz, garantindo que a COP26 aborde as alterações climáticas e a biodiversidade como dois lados da mesma moeda.

A nomeação formal do Reino Unido, em parceria com a Itália, é esperada na COP25, em dezembro, no Chile.

O ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, saudou a notícia:

“O Reino Unido acaba de receber um enorme voto de confiança de nossos parceiros internacionais. Estamos prestes a sediar as próximas grandes negociações climáticas mundiais, em parceria com a Itália. Mais de 30 mil delegados de todo o mundo se reunirão a fim de se comprometerem com ações ambiciosas para combater as mudanças climáticas. Estamos prontos para unir o mundo e nos certificar que nosso precioso meio ambiente estará em melhores condições para a próxima geração.”

Claire Perry, presidente nominada no Reino Unido para a COP26, disse:

“Em 2020, os líderes mundiais se reunirão para discutir como lidar com as mudanças climáticas em uma escala global. O local não poderia ser melhor escolhido. Glasgow é uma das cidades mais sustentáveis do Reino Unido e com histórico em sediar eventos internacionais de alto perfil. Parabenizo a nomeação de nossos parceiros no grupo regional da ONU para sediar COP26, em parceria com a Itália. O Reino Unido é um líder mundial na redução de emissões, e, recentemente nos comprometemos a reduzir as nossas emissões de carbono para zero até 2025.”

O secretário de Desenvolvimento Internacional, Alok Sharma, complementou:

“Esta nomeação é um testemunho do papel de liderança do Reino Unido na luta global contra as alterações climáticas. A ajuda do Reino Unido contribuiu para que milhões de pessoas nos países em desenvolvimento tenham acesso à energia limpa e a se prepararem para o impacto das alterações climáticas. Estamos protegendo o nosso planeta para o futuro.”

Published 11 September 2019